18 de junho de 2007

Agora sim, posso voltar a escrever!

Caros (e bem poucos) leitores e leitoras,

sim, eu sumi do blog, mas tem explicação. Desde o meio de abril eu comecei a trabalhar freneticamente num projeto de scrap que não podia vazar - nem no blog, nem no Scrapbook Brasil: o álbum da Cristina.

Basicamente é um álbum que conta nosso primeiro ano de namoro. Comprei um álbum com 20 envelopes plásticos, o que dava para 40 páginas. No fim, o álbum ficou com 38, mais a capa. O projeto nasceu um pouco depois que começamos a namorar, mas eu ia fazendo as páginas em um ritmo muito, mas muito lento - ou seja, sobrou muita coisa pra ser feita depois que voltei das nossas férias de março/abril. E lá fui eu; o cronograma previa que eu desse o álbum de presente no nosso aniversário de namoro, em 27 de maio, mas não deu tempo de terminar; então adiei a entrega pro dia dos namorados, quer dizer, para o dia 15, já que 12 caiu numa terça e estávamos longe, eu em Curitiba, ela em Blumenau. Para vocês terem uma idéia, os últimos retoques no álbum foram feitos na tarde do dia 15 mesmo! E ainda tem uma ou outra coisinha que vou querer aperfeiçoar.

Então está explicado: como a minha atividade de scrap nessas semanas se resumiu ao álbum da Cristina, claro que eu não podia colocar aqui nenhuma novidade de scrap... do contrário ela poderia ficar sabendo!

Ah, sim: o álbum ficou lindo, na minha modesta opinião! Algumas páginas em especial são meu orgulho... ou pelo visual, ou pelo journaling, ou por outros lances de criatividade - porque técnica mesmo, não tem nada de especial, de mais diferente só tem um shaker box gigante, o resto é papel, cola e fitas adesivas. E muito ilhós, para meu desespero - ilhoses não são meus amigos, por mais que eu tente, nunca consigo fazer o papel vegetal (ou transparência) ficar esticadinho...

Já ouço o coro: "queremos ver!" - vocês verão sim, mas ainda vai demorar uma semaninha. A explicação? Veja abaixo:

Câmera digital, a novela: update

Então, lembram que eu estava procurando uma boa câmera digital? Lembram daquelas opções que coloquei no blog? Pois é, não levei nenhuma delas. Quem venceu a concorrência foi a sugestão da Erica Alem, a Sony DSC-H2.



Cheguei a essa conclusão depois de visitar sites de fotografia que eu recomendo a todo mundo que esteja procurando uma câmera digital: o Steve's Digicams, o DPReview, e o DigiForum. Os dois primeiros são sites de reviews: análises das câmeras. Basicamente, os caras pegam a câmera e tiram foto em todas as circunstâncias possíveis (de perto, de longe, com muita luz, com pouca luz etc.) e publicam os resultados. O terceiro é um grande fórum brasileiro de fotografia (mas o Steve's e o DPReview também têm fórum). Outra fonte valiosa foi o Socó, um dos fotógrafos aqui da Gazeta do Povo.

Depois da decisão, a aquisição... tentei, tentei mas não consegui ninguém que me trouxesse a câmera dos Estados Unidos. Aí resolvi me conformar com os preços locais. Morando no Paraná, o Paraguai virou uma opção. Os preços eram bons, mas o problema era de confiança mesmo: e se a máquina fosse recondicionada? E a garantia? E a nota fiscal? Também tinha duas ofertas de câmeras usadas aqui no Brasil, de pessoas confiáveis. Mas no fim acabei levando em conta que tenho restituição do Imposto de Renda e decidi pela opção mais cara: comprar numa loja brasileira estabelecida. Pago mais, mas tenho um ano de garantia da própria Sony, nota fiscal, tudo direitinho. Pode ser um gasto desnecessário? Talvez, mas como é a minha primeira digital, melhor estar coberto e errar por excesso de cautela - uma precaução que aprendi com meu pai.

Bom, os cartões de memória, pilhas extras, tripé e bolsa já estão em casa. Só falta a câmera, que comprei na BeePhoto - a loja é boa, só falhou ao não me avisar imediatamente que a máquina não estava no estoque e só chegaria dois dias depois. Mandaram na sexta, será que terei uma surpresa ao chegar em casa hoje?

5 comentários:

Renata Moni disse...

Quero ver este album hein, Marcio!!!

Juliana Vilela disse...

Talvez Márcio, seus leitores não sejam poucos, e sim tímidos rsrs
Mais uma que quer ver o album!!!

Telma disse...

Márcio, é a primeira vez que visito o seu blog, mas vou voltar, viu?!
E olha quero ver o álbum também e sua máquina nova é o máximo!!!!

Regiane Torres disse...

Marcio quanto vc pagou nessa belezura (interrogação)
Vou esperar vc fazer todos os testes pra depois comprar a minha, quer dizer , ganhar a minha, rsrsrsrsrsrsrsrsr

Cristina. disse...

Pessoal!
Desculpem, mas vou colocar água na boca mesmo!

O álbum é liiiindo! Uma obra de arte!
Quando o Marcinho me entregou, eu nem conseguia ver tudo...olhava, lia e toda a história desse um ano de namoro foi sendo revivida em cada página!
Não deu outra: chorei um monte! Mas foi de emoção!

Fico olhando todos os dias.
Tem alguns detalhes interessantíssimos!

Um deles, é de uma página dupla sobre nosso curso de dança gaúcha. Foi um dia muito feliz, porque eu amo o Tradicionalismo Gaúcho, e compartilhar isso com o Marcio é algo que para mim, não cabem em palavras.
Mas voltando: num canto da página, ele colocou os detalhes da bombacha dele; e do outro, o detalhe do meu vestido de prenda.
Ficou perfeito!

Mas cá entre nós: haja paciência! Não sei como vocês agüentam isso!

Entonces, além de parabenizar mais um vez o trabalho do Marcio, eu queria deixar registrada minha admiração por todos os scrappers! Vocês são ótimos!

Beijos!